SPITZ ALEMÃO OU LULU DA POMERÂNIA?

SPITZ ALEMÃO OU LULU DA POMERÂNIA?

É a mesma coisa. Ambas as nomenclaturas se referem à mesma raça de animal, originários da Europa, mais precisamente de uma região conhecida como Pomerânia, situada ao norte da Polônia e da Alemanha, na costa sul do mar Báltico, entre as margens dos rios Vístula e Odra – um lugar conhecido por suas baixas temperaturas.

A localização geográfica e a semelhança com os lobos árticos – orelhas triangulares, focinho pontiagudo e a cauda arqueada sobre o dorso – sugerem que os spitzs são descendentes dos primeiros cães domesticados, que segundo indícios arqueológicos, remontam ao período da era glacial. Ou seja, há cerca de 500 mil anos. Por tudo isso, os spitzs são classificados como cães primitivos, aqueles cujos ancestrais deram origem a todas as raças.

E qual é a vantagem disso?

Bem, dentre outras, podemos citar a robustez e a rusticidade da raça, que concerne aos lulus da pomerânia – apesar da denominação mimosa – uma maior capacidade de adaptação a lugares diversos, bem como uma maior resistência a doenças, algumas delas, inclusive, bastante recorrentes em outras raças.

Os spitz alemães são cães bastante peludos, e a sua pelagem exuberante funciona como uma espécie barreira térmica contra o frio e o calor. Apesar disso, eles quase não soltam pelo, exceto nas fases de troca. A primeira delas, inclusive, se dá entre o quarto e o oitavo mês de vida. Por isso, não se assuste com a mudança. A nova pelagem deixará o seu docinho ainda mais bonito.

A grande vantagem é que são pelos hipoalergênicos. Ou seja, não vão causar problemas alérgicos aos demais moradores da casa, nem mesmo para as crianças, que são mais suscetíveis a este tipo de problema.

E não é só isso!

Os spitz também são dotados de poucas glândulas adanais, o que os torna praticamente imunes a odores. Isso significa que eles podem passar semanas a fio sem tomar banho, e ainda assim não apresentam mal cheiro. O aconselhável, aliás, é dar apenas um banho a cada três ou quatro semanas, para que dessa forma os nossos docinhos não percam a sua proteção natural.

Nestas ocasiões, é necessário secar bastante, com toalha e secador, pois a umidade sob a pelagem pode causar fungos e outros problemas dermatológicos. É importante frisar também que, mesmo no período sem banho, o seu cachorrinho precisará de alguns cuidados higiênicos. O mais aconselhável é manter sempre em dia as tosas higiênicas.

Além disso, os lulus da pomerânia são extremamente divertidos e inteligentes, além de elegantes, impetuosos e autoconfiantes. Por isso, nunca os coloque em lugares altos, pois certamente eles vão pular, mesmo na fase adulta, o que pode produzir acidentes ou lesões articulares. A autoconfiança dos spitz, por vezes, não tem limite, motivo pelo qual também se deve evitar contatos com animais maiores. Ainda assim, é quase um consenso entre os criadores as vantagens da raça no que se refere às facilidades de criação. Tais peculiaridades, com o passar dos anos, justificam e compensam o seu preço diferenciado.

Docekilate Canil.

Site desenvolvido com o WordPress e customizado personalizado para nosso Canil.