COMO NÃO SE ENGANAR NA HORA DA COMPRA

COMO NÃO SE ENGANAR NA HORA DA COMPRA

Agora que você escolheu a raça que melhor se adequa ao seu estilo de vida, é hora de escolher o melhor lugar para comprar o seu docinho de quatro patas. Além de uma pesquisa de preço, é preciso se atentar ainda para outros fatores, posto que alguns canis são uma verdadeira arapuca. É bem verdade que não são todos, que a maioria dos criadores é séria e verdadeiramente comprometida, mas também há aqueles que estão apenas preocupados em tirar vantagens de algum comprador inadvertido.

Alguns até chegam a ministrar as vacinas necessárias, mas recorrem às mais baratas e de qualidade duvidosa. O mesmo se aplica às rações, que mesmo de qualidade superior, passam longe de uma alimentação ideal. Talvez você não saiba, mas as rações contêm em suas fórmulas uma série de produtos químicos prejudiciais à saúde dos peludos, a exemplo de corantes, estabilizantes e conservantes (BHT e BHA), apontados como possíveis responsáveis por diversas alterações celulares cancerígenas.

Este tipo de alimento também é suspeito de provocar obesidade, alergias, otites e outros tantos males que, antes das rações, não eram tão recorrentes no meio canino. Em nosso canil, a base da alimentação provém de fontes naturais, higienicamente preparadas na proporção ideal de verduras, raízes, carnes e vísceras. Tudo de acordo com o histórico e a predisposição alimentar da espécie canina.

Outro ponto passível de observação são as instalações. Lamentavelmente alguns canis mais se parecem com um campo de concentração, onde matrizes e filhotes passam dias a fio trancafiados em pequenas gaiolas, sem ver a luz do dia.

Em outros casos, o que se vê é justamente o inverso. Os bichinhos são deixados expostos ao calor, frio e chuva. O resultado de tanto maus-tratos são animais infelizes, extremamente estressados e latidores.

A boa notícia é que também existem boas alternativas de compra. Muitos canis se preocupam de verdade em oferecer instalações confortáveis, dotadas não apenas de espaço amplo, abrigo e higiene; mas também de uma área externa em que os animais possam manter contato com a natureza, tomar banho de sol e correr de acordo com a própria vontade. Muitas vezes estes detalhes passam despercebidos, embora sejam de suma importância para a saúde e o desenvolvimento psicológico dos peludinhos.

O canil Docekilate – antes de qualquer interesse – tem o compromisso com o respeito animal. Os nossos cachorrinhos passam o dia soltos, em áreas cobertas ou descobertas, gramadas ou com a opção de piso revestido, onde cada animal vive livre e tem as suas opções respeitadas. O resultado de tantas regalias são bichinhos dóceis e sociáveis, bastante propícios à aprendizagem e à educação. Pois, assim como as crianças, cachorros também precisam ser educados.

Outro ponto importante de se observar é com relação à companhia de seres humanos. Ao longo dos séculos, a domesticação da espécie canina gerou nesses bichinhos certo grau de dependência humana, de forma que cães solitários têm maiores propensões a distúrbios comportamentais e desequilíbrios psicológicos. É importante salientar que tecnologia nenhuma substitui a presença e o auxílio humanos.

O canil Docekilate fica anexo à nossa casa, o que nos permite um contato permanente com toda a matilha. Antes de cada parto, as nossas cadelinhas são levadas para dentro de casa. Assim elas dispõem de toda atenção e apoio no momento mais especial de suas vidas, que aliás, é inteiramente acompanhado por nós.

Os filhotes, durante os seus primeiros dois meses vida, também convivem diretamente conosco, e só então são encaminhados para os seus respectivos destinos, levando consigo toda uma carga de serenidade e benevolência provenientes de um tratamento especial, recebido desde o momento do nascimento.

Além disso, vão vacinados, vermifugados, e enviados com pedigree e carteirinha personalizada de vacinação. Por tudo isso, na hora da escolha, procure saber um pouco mais sobre a estrutura do canil, sobre os donos e as pessoas envolvidas no trabalho. Desconfie de criadores que querem lhe “empurrar” um filhote a tudo custo. Geralmente criadores sérios estão mais preocupados com o futuro e o bem estar de suas crias.

Repare ainda no estado psicológico do peludinho, na sua constituição física e estado geral. Animais ativos e saltitantes geralmente são uma excelente indicação de saúde e felicidade.

No caso de compras feitas através da internet, os cuidados devem ser dobrados. Peça fotos e vídeos, principalmente vídeos, para que assim você possa ver o animal em movimento, por todos os ângulos. Procure observar também pequenos detalhes, como a cor da boca e do nariz, que geralmente são cor-de-rosa ao nascer, e ao longo das semanas, vão mudando até ficar totalmente pretos.

Se o animal não apresentar esta transição de cor, tenha cuidado. Isso pode indicar falta de pigmentação, que certamente será transmitida para os seus descendentes, já que se trata de um defeito genético, embora de ordem meramente estética. Outro exemplo é a chamada lágrima ácida, que nada mais é do que uma mancha escura abaixo dos olhos, resultante, provavelmente, de um defeito congênito nos dutos lagrimais do cachorro, e geralmente desencadeada através de uma alimentação inadequada (alguns tipos de rações). O contato da lágrima com bactérias no pelo produz essa mancha escura, conhecida como lágrima ácida. Suas implicações, assim como no caso da falta de pigmentação, são também no campo meramente estético.

Por isso, se você busca um cão para competições, procure ver se há algum vestígio de mancha lacrimal ou de falha na pigmentação. Se não for o caso, não precisa se preocupar. Pois, em ambos os casos, estas disfunções são totalmente inofensivas para o animal. E no caso da lágrima, o problema pode ser revertido após algumas semanas de alimentação natural.

O importante é ficar atento às falsas garantias. É preciso ter sempre em mente que cada recém-nascido recebe carga genética de pelo menos duas árvores genealógicas. E com uma possibilidade tão grande de combinações genéticas, é impossível precisar qualquer tipo de característica não aparente antes de o cachorrinho completar seis meses de idade.

Talvez seja interessante saber um pouco mais sobre a mãe, por quantas gestações ela já passou, quantos filhotes pariu em cada uma, e principalmente se está sendo respeitado o tempo mínimo de descanso entre as gestações.

Uma cadelinha da raça spitz, de forma alguma, deve passar por mais de uma gravidez a cada ano. O ideal, aliás, é uma gestação a cada dois anos. Dessa forma, o animal tem tempo para se recuperar, e a possibilidade de gerar filhotes saudáveis se multiplica exponencialmente. Também é bom saber que não se deve colocar para cruzar no primeiro cio. Bom mesmo é a partir do terceiro, quando já há uma completa maturação da cadelinha.

Também é importante reparar nos padrões da raça, a exemplo do porte físico, que no caso dos spitz anões e pequenos – principalmente os anões – são mais valorizados. Observe, por exemplo, se o cachorrinho tem o tronco curto e robusto. Se a garupa, além de forte e larga, não apresenta um certo descaimento.

O peito deve ser arqueado; e o pescoço, mais largo na inserção com o tronco – nem muito grande, nem muito pequeno. A harmonia entre os detalhes também deve ser observada na proporção entre o tamanho da cabeça e dos olhos, das orelhas e do focinho. Todos de tamanhos medianos.

Por isso, recomendamos sempre uma boa pesquisa, e aconselhamos a nunca comprar de aplicativos de vendas. Um canil bem intencionado geralmente disponibiliza sites na internet, ou fotos em fun pages de redes sociais. Observe os detalhes e se certifique de que você não está a negociar com um golpista.

Também desconfie de preços muito baixos, aquém dos praticados no mercado. Os lulus da pomerânia geralmente são animais de valor mais alto, sobretudo os provenientes de matrizes importadas; e você deve não apenas desconfiar desses cães baratos, como ainda não adquiri-los, pois a chance de esconder algum problema latente é bem grande.

Docekilate Canil.

Site desenvolvido com o WordPress e customizado personalizado para nosso Canil.