COMO ESCOLHER UM MALTÊS

COMO ESCOLHER UM MALTÊS

Sabe aquele amigo divertido, que todo mundo gosta? Pois bem, se ele fosse um cachorro, certamente seria um maltês. Malteses são saltitantes e brincalhões, e cativam por sua alegria e carisma constantes. Mas a depender da forma como são criados, também podem se tornar possessivos e geniosos. Às vezes isso acontece por medo, e outras vezes, por excesso de confiança. Por isso é indicado não se exagerar nos carinhos. Afinal, tudo em excesso é prejudicial.

Os malteses, assim como quase toda raça, necessitam de um trabalho de socialização desde cedo; tanto com pessoas como com outros animais. A forma mais indicada de se educar um maltês é através da técnica conhecida como Reforço Positivo, que consiste em recompensá-los com afagos e petiscos sempre que ele fizer algo que se espera dele, em vez de castigá-los por seus erros. Mesmo assim, é necessário um vínculo maior com o animal para se obter algum resultado. Malteses não costumam obedecer a estranhos.

Apesar de não ser uma raça primitiva, os malteses são bastante resistentes a doenças. As mais recorrentes, inclusive, como problemas de pele e luxação patelar, são passíveis de prevenção a partir de alguns cuidados na criação. Por isso não é aconselhável deixar o seu cão saltar de lugares altos ou expostos muito tempo ao sol forte. Também é necessário uma secagem eficiente após os banhos, bem como a manutenção constante da higiene ambiental e corporal. Além, é claro, de priorizar uma boa alimentação. A expectativa de vida de um cachorro maltês é de 15 anos.

O maltês necessita ainda de um cuidado especial com os pelos, facilmente embaraçáveis. Daí a necessidade de uma escovação constante; tal cuidado mantém o pelo do animal mais bonito e sedoso. Além disso, eles também precisam de atividades físicas e muitas brincadeiras. São cães extremamente ativos, embora se adaptem bem a apartamentos. Aliás, não é o tipo de cachorro para ser criado no fundo do quintal.

Também são especialmente sensíveis ao isolamento e à solidão. Por isso nunca deixe o seu maltês sozinho por mais de quatro horas diárias. Isso pode causar stress no animalzinho e, como consequência, um comportamento indesejado. Evitar o tédio é o caminho mais curto para um pet calmo e equilibrado emocionalmente, independente da raça.

Malteses legítimos têm necessariamente uma pelagem alva, são pequenos e o seu peso varia entre um e quatro quilos. Por isso é sempre aconselhável conhecer a linhagem de ambos os pais, visto que o bebezinho lindo e sedutor pode crescer além da conta e, neste caso, você estaria levando para casa gato por lebre. A altura de um maltês legítimo, na fase adulta, oscila entre 22 e 25 cm, medido do chão à cernelha, com o cachorrinho na posição ereta, para que assim a medição tenha validade.

Se você procura um companheiro leal, alegre e carinhoso, sem dúvida o maltês é uma ótima escolha. 

Docekilate Canil.

Site desenvolvido com o WordPress e customizado personalizado para nosso Canil.